POR QUE VIREI À DIREITA (o livro. Ou quase)

30jul. O SEGUNDAVIA NO MUNDO (entre 24jun e 24jul):

Thanks, very much.

29jul. MAIS UM TRECHINHO DE STALIN, A CORTE DO CZAR VERMELHO(Simon Sebag, Cia das Letras, S. Paulo, 2006). Lembrete: o que está entre colchetes é explicação do blog:

“…Os velhos magnatas [chefes do regime, abaixo de Stalin] stalintiveram dificuldades para lidar com a queda. Esperavam a prisão (…) e ficaram aliviados por permanecer vivos. Quando deixaram seus apartametnos no Kremlin, em 1957, Kaganóvitch e Andréiv descobriram que não eram donos nem de suas toalhas ou lençóis (…)  Esses velhos pensionistas famosos e respingados de sangue dedicaram a aposentadoria a escrever suas memórias (…), evitar os olhares hostis de antigas vítimas que encontravam nas ruas (…) e remexer nos papéis da Biblioteca Lênin [o autor tá falando da queda de Khruchióv e ascensão do neo-stalinistas Bréjnev]

Novamente juntos e felizes, Molotov e Polina continuaram stalinistas impertinentes [segundo o autor, era hábito de Stalin  manter presas as esposas dos seus principais ministros e assessores]… O desdém entre Mólotov e kaganóvitch durou até a morte de ambos, mas não era nada comparado ao ódio que sentiam de Khruchióv. Este admitiu estar mergulhado ‘até os cotovelos‘ no sangue das suas vítimas e que ‘isso oprimia minha alma‘ (…) Ele desafiou seus secessores ao ditar suas memórias seletivas, porém honestas (…). Andréiv morreu nesse mesmo ano: a placa comemorativa no muro da rua Granosvski faz dele o último dos açogueiros de Stalin a ter sido homenageado … (fl.724. Veja mais em  STALIN, MAO, FIDEL (e ERENICE), VIDEOGRAMAS DE UMA REVOLUÇÃO, VOCABULÁRIO DE IDEIAS PASSADAS, CISNES SELVAGENS…)

E de POR QUE VIREI À DIREITA:

“…No imaginário coletivo brpor que virei à direitaasileiro há firme recusa ao fascismo e ao nazismo, mas perduram a complacência e a leniência de certos intelctuais e formadores de opinião a respeito do comunismo…” (fl.103)

Você concorda, leitor?

27jul. A SOMBRA DA SUSPEITA (Dora Kramer)

“…Toffoli durante 15 anos trabalhou como assessor do PT, foi advogado de Lula em campanhas eleitorais, ocupou a subchefia de assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República quando lá estava como titular José Dirceu e, antes de ser indicado para o Supremo, foi advogado-geral da União.

Acrescente-se à folha de serviços prestados à principal agremiação ora na berlinda, o fato de a companheira do ministro ter atuado na defesa de três réus do processo: Paulo Rocha, Professor Luizinho e José Dirceu.

É suficiente para o ministro declarar-se suspeito ou o procurador-geral da República alegar seu impedimento?…”

Na íntegra: http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1279575&tit=A-sombra-da-suspeita

SUA EXCELÊNCIA, O FATO (Eliane Cantanhêde)

“…No escândalo que derrubou Collor, o principal algoz foi seu irmão, confirmado depois por uma secretária e um motorista. No que feriu Pitta de morte, as denúncias vieram da ex-mulher. Na compra de votos para a reeleição de FHC, os “aliados” botaram a boca no trombone.

Ou seja: não adianta desqualificar o denunciante pelo que ele é ou pelas motivações, por mais torpes, que o movem. O que importa é sua excelência, o fato…”

Na íntegra: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2012/07/27/o-que-importa-sua-excelencia-fato-457006.asp

……………………POR QUE VIREI À DIREITA (o livro. Ou quase)

Eu já tinha visto uma capa de revista (Veja) nas bancas com algo como A VOLTA DOS ESTUDANTES… Mas foi ali na reitoria da Ufba (e entorno) que vi, pela primeira vez, o “abaixo a ditadura. No mesmo dia, vim a saber que aquela galera era a Esquerda, um grupo de pessoas que lutava pelos trabalhadores. E por democracia. Bem, saber o que era Democracia, eu não sabia, mas foi aí que não entendi, mesmo: pra que tanta polícia, meu deus? Aquele mar revolto de faixa, cabelo e barba que eu nunca tinha visto não pôde passar.  Passear, quero dizer (de passeata). É que as botas, cassetetes e cães também eram muitos. E destemidos. Mas os botões de rosa que ele (o mar) cuspia…

Junto com o latim dos cães, aqueles botões se misturaram tanto no meu ouvido que, quando o meu nome saiu na lista de aprovados dos vestibulares de medicina (Ufba e Baiana) no janeiro seguinte, fui a única pessoa que me conhecia que não se alegrou.  É verdade que eu já não gostava quando um dos colegas de quarto na RUF (a santa Residência do Universitário Feirense; veja SEÇÃO MULTIUSO, ILUSÕES PERDIDAS, O DILEMA DA REALIDADE, MULTIUSO 2, EM 2011, TODOS OS SONHOS SERÃO VERDADE?, O CASO BANCOOP II, MULTIUSO10, MULTIUSO11, DESCANSANDO, PARABÉNS, VEJA) tirava de debaixo da cama aquela caixa de ossos que ele interrogava com a ajuda de um sisudo livro de anatomia. Mas, agora, depois daquela manifestação… Estudar medicina pra ficar rico no interior? Com um mundo daquele a se descobrir? Seria quase uma pobreza! Não. Já não dava mais.

Que vacilo, heim, leitor? Não sei se o devo principalmente à Esquerda, mas não ter passado fome devo a amigos e ao concurso do TRT… Veja como a (“esquerda”) conheci:

“…Quando eu conheci o Velho, ele era muito tímido, reservado, usava camisa abotoada até o pescoço. Eu dizia, “não precisa usar a roupa desse jeito, umas roupas já puídas”. Ele dizia “não, o dinheiro que a gente recebe vem do trabalhador, a gente não pode gastar com luxo”. E eu: “A gente está lutando para o bem estar de todo mundo, a gente também tem que andar pelo menos com uma roupa mais decente”.

Aos poucos fui comprando roupa e substituindo a que ele tinha, e quando ele percebia, dizia “eu não quero que você faça isso, está gastando o dinheiro”, e eu dizia “eu estou gastando mas é em benefício, não é possível você andar que nem um mendigo dentro de casa, você parece um padre com a camisa abotoada até o pescoço…”

Na íntegra: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1031285-viuva-de-prestes-relata-os-40-anos-de-convivencia-com-lider.shtml

Assim falou recentemente na Folha a última companheira de Luiz Carlos Prestes, o lendário Cavaleiro Da Esperança. Era diferente, né? Lembra de ”… pouca gente da “esquerda” discursa contra a alma farrista (e formadora de patrimônio) do Estado Brasileiro. E menos ainda contra carrões…(EM DEFESA DE KLEBER SALAZAR, TUDO PODE DAR CERTO?, etc, etc, etc…)? Será que

(LIMINAR JUDICIALTRECHO RETIRADO A MANDO LIMINAR DA JUSTIÇA)

Era o tempo da sandália (havaiana ou de couro), do boteco e do bocapiu (cuidado: bocapiu, sacola artesanal rural; não bocapio!) em lugar de possíveis Louis Vuilton

Simbolizando o Brasil e fornecendo uma ração de paladar e nutrição pau-a-pau com a dos já clássicos (Caetano, Gil, Gal, Betânia, Chico, Elis, Milton…), o Nordeste tava na moda (Gonzagão/Gonzaguinha, Djavan, Alceu, Elba, Zé Ramalho, Geraldo Azevedo, Belchior, Amelinha, Ednardo…), e Fagner, com a sua voz ácida e boina de Che Guevara, o seu intérprete:

O aço dos meus olhos
E o fel das minhas palavras
Acalmaram meu silêncio
Mas deixaram suas marcas…

Se hoje sou deserto
É que eu não sabia
Que as flores com o tempo
Perdem a força
E a ventania
Vem mais forte…

(NOTURNO,  http://www.youtube.com/watch?v=0xZqBAHFRhg)

Hoje, a gente sabe que NADA É  TUDO, né, leitor? Mas, era o tempo da paixão:

Quando penso em você
Fecho os olhos de saudade
Tenho tido muita coisa
Menos a felicidade…

Canteiros (http://www.youtube.com/watch?v=yxWbSk7yGO0)

Tempo dos primeiros cristãos, digamos. De sua alma – a mais pura, talvez, que o país já conheceu-  sairia o PT.  Atenção: no mundo de então e nas festas e MOSTRAS DE SOM das residências, RU (“ERRE U”, restaurante universitário) e escolas (em especial a de Arquitetura), parecia estar escrito que “CACHORRO GOSTA DE OSSO PORQUE NINGUÉM DÁ FILÉ”, como assinalou o agradável Suassuna (veja SEÇÃO MULTIUSO)

Mudou, né? Muito!

Mas,  leitor, notou? Embora já na Ufba (“cursando” biologia e, assim, comendo no RU e morando na RUF); frequentando (por bolsa! Veja BECHARA, GEYSI E O LIVRO “POR UMA VIDA MELHOR”, HISTÓRIA DA BONDADE: PROFESSOR CID TEIXEIRA, O DILEMA DE TEREZA CRISTINA…) o já caído Curso Águia  e duas matérias no Universitário (hoje, Sartre) e nem sabia que vivia uma ditadura… Pois é. Era 1978 (em 79 passei para medicina Ufba e Baiana) e todo regime fechado tem a sua LEI DE SILÊNCIO, né? Foi assim, meio revoltados, que os ventos me levaram pra Sociologia (FFCH/Ufba), a meca da esquerda universitária e/ou dos perdidos da época. Como se trocava escolas tradicionais por aquela, meu deus (falava-se escola, não faculdade)! A foto abaixo, por exemplo, é de uma colega que já era ou se tornaria militante do PCdoB. Ela vinha de Engenharia (elétrica, se não me engano). Era um tempo doido, ou não? O resto de woodstock e muita luta de classe no ar (veja 50 ANOS A MIL: A EPOPEIA DE LOBÃO-parte1) mandavam até que se trocasse o AP do papai (quem tinha) por uma casinha” com amigos, colegas, namorado (a), ali por São Lázaro, Federação ou Ondina… Tá lembrado de “primeiros Cristãos”, né? Como um tempo daquele pôde ser substituído pelo que viria com os anos 90, meu deus? Até o PT, a última tábua boiando no rio à procura de náufragos, se destruiria (destruir-se-ia, seria o correto, né?)… Jesuis, meu pai!

Vem daquele tempo uma pergunta que ouvi em São Lázaro:

por que os caras que saem da esquerda viram a pior direita?

Pior”, não diria. Melhor, talvez. Huuumm… Seria porque eles não gostaram do que viram? Bem, lembrando que sempre há uma diferença entre o crente e a religião, convém dar uma olhadinha em VOCÊ É SOCIALISTA? TEM CERTEZA?, TUDO PODE DAR CERTO?, FALSO BRILHANTE ou FINA ESTAMPA?, POR QUE … DESISTIU?… De qualquer forma, essa é uma pergunta que PORQUE VIREI À DIREITA [João P. Coutinho, Luiz F. Pondé e Denis Rosenfield. Ed. Três Estrela, SP, 2012] pode, muito bem, responder. Você não precisa ter lido DOGVILLE, DICIONÁRIO AMOROSO DA AMÉRICA LATINA, STALIN, MAO, FIDEL (e ERENICE), FASCISMO DE ESQUERDA (o livro), VIDEOGRAMAS DE UMA REVOLUÇÃO, VOCABULÁRIO DE IDEIAS PASSADAS, CISNES SELVAGENS, A VINGANÇA DE MARX, VOCÊ JÁ VIU ESSE FILME?, VOCÊ JÁ VIU ESSE FILME? – parte 2, nem O FESTIVAL DA CARNE: CARNAVAL,  para sentir, leitor, que se trata de um livro que vai fundo nas nossas misérias internas (termos do livro): um grito contra a retórica, a falsidade, a hipocrisia e a mistificação futucará o seu ouvido Primeira limpada:

… movimentação, expansão, aceleração e,no limite, ruptura, errância, dissipação” (fls. 08 e 09).

Leitor?  Já há extratos desse livro no primeiro POR QUE VIREI À DIREITA, que era uma degustação, lembra? Veja:

Lembra que eu disse “nada de se ferir, galera”? Veja por que:

Isso prova que, no poder, tudo é direita, né? Lembra que a Chapa1 chegou a dizer que você não deveria cometer “o vacilo” de votar em pessoas que (além de terem “abandonado o barco” ) não tinham ”experiência? Pelo jeito, nunca ocorreria uma mudança, né (veja O HOMEM QUE FALAVA DEMAIS, PURA ENROLAÇÃO)? Será isso de direita? Afinal, o que é ser de esquerda?

Continua: ...os ideais mais nobres e universais do imaginário de esquerda são bastante evidentes: a crítica ao individualismo aliada à valorização do bem comum; o desejo de inclusão social …; luta pela igualdade de direitos e condições” (fls.11 e 12). Mas, atenção:

Tá tudo explicado, leitor? Se for de esquerda, você tem do que se queixar? Claro que não, né? Agora, é com você. Tchau:

Vamos a um exemplo?

…para quem não sabe ou esqueceu, neste exato momento o despotismo comunista norte-coreano mantem encerrado em campos de concentração, sob regime de trabalhos forçados, torturas e execuções sumárias, cerca de 200 mil ‘inimigos do povo’, incluindo dezenas de milhares de crianças, muitas delas nascidas nesses campos…” (fls. 15/16)

Certamente e com razão, dentro de você deve estar passando que isso também rola e/ou rolou em todos os pontos cardeais. E ninguém o questionaria. Mas, fico com o autor:

…enquanto o

Pare em esquerdista”, leitor. Alguma dúvida? Se há e se você acompanha minimamente o noticiário sobre a Coreia “socialista”, por exemplo (basta ver UM GRANDE NEGÓCIO?), dê uma olhada nessa nota de pesar de O VERMELHO,  a imprensa oficial de “a esquerda bem informada”.  Ela é da morte do “LíderKim Jong il:

Na íntegra: http://www.pcdob.org.br/noticia.php?id_noticia=171494&id_secao=3

Indepêndência, próspera, necessidade das massas“? Só faltou chamar de “democrática”, não foi? E o que dizer da não socialista, COITADA (basta você ver O BLOCO DOS DESCARADOS)? Ai, meu deus. Não lembra “Delúbio guerreiro do povo brasileiro“? Rapidinho (grifos nossos):

“…Delúbio falou por 20 minutos num ato de apoio a ele convocado pela Juventude do PT do Distrito Federal, que reuniu cerca de cem pessoas na sede local da Central Única dos Trabalhadores. Saudado aos brados de “Delúbio guerreiro do povo brasileiro” por sindicalistas, militantes e servidores, ele reconheceu os saques em dinheiro e os pagamentos a partidos e deputados (…) Delúbio recebeu congratulações. “Você orgulha o PT. O processo não é contra Dirceu, Delúbio, é contra o PT, é um processo de disputa de hegemonia“, disse Roberto Policarpo, presidente do PT-DF.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/56501-deu-errado-diz-delubio-sobre-dinheiro-captado-para-o-pt.shtml

Ai, Carminha, como Nina tá sendo cruel com você!

…Para petistas e assemelhados, denunciar corruptos quando se está na oposição é mister; protegê-los, quando se está no governo, é um dever. Para os petistas, o mal não está na corrupção em si, mas em quem a pratica. No adversário, é uma falha grave; nos companheiros, é apenas uma ação tática — ou estratégica, a depender do teórico — para combater “a direita” e “os conservadores”…

Na íntegra: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-pt-inaugurou-no-brasil-os-%E2%80%9Cmovimentos-sociais%E2%80%9D-em-defesa-da-corrupcao-nao-chega-a-ser-inedito-no-mundo-o-fascismo-ja-havia-chegado-la/

E aí, leitor? Quando os pais de POR QUE VIREI À DIREITA [repetindo: João P. Coutinho, Luiz F. Pondé e Denis Rosenfield. Ed. Três Estrela, SP, 2012] dizem que “…posicionar-se à direita no Brasil de hoje é, tecnicamente, um ato de subversão e contracultura…” (fl.22), eles tão errados?

Sobre eles (clique):

veja também:

ÉTICA NÃO É IDEOLOGIA

O POVO NÃO É BOBO, ABAIXO…

PARTIDO DA CLEPTOMANIA DO BRASIL

INSENSATO CORAÇÃO

EM DEFESA DE KLEBER SALAZAR

LA VIDA POR LA IZQUIERDA E O ADVOGADO DO EX-MINISTRO
ORLANDO SILVA

MINISTRA ELIANA CALMON E AS RAZÕES DO ILUMINISMO

“JULGAR É  SENTIR”?

VIVA A CORRUPÇÃO!

Anúncios
Esse post foi publicado em machadodeachismo, resenha. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s