MINISTRA ELIANA CALMON E AS RAZÕES DO ILUMINISMO

TAPANDO O SOL COM A PENEIRA (28mar)

http://www.youtube.com/watch?v=jSbrG8QnGKI

Se o cubano tivesse gritado “abaixo o capitalismo” ou “viva o socialismo“, o que lhe aconteceria? Eu, Luiz Estrela, também, tomei aquele tapa. Acrescentei um conceito de Cidadania ao texto sobre a ministra, viu, leitor? Tá lá junto de Responsabilidade, abaixo de fala sério

27mar:Clica, oposição: ENQUETE5E vê quantos já votaram! Serás tu suficientemente incompetente, para perder essa eleição?

25mar: Quando o Bahia quer bater em time da 2a divisão, manda a filial (BAHIA DE FEIRA 2X0). Não gosto disso.

23mar: GRANDE PERDA DE HUMOR: morre Chico Anísio.

24mar. Ver o Jonal Nacional – que foi quase todo dele – terminar em silêncio (sem o than, raan, thaan, thaaan (http://www.youtube.com/watch?v=tiS6kr3mtT8), só com merecidas imagens do nordestino Chico… Foi demais, viu! Aliás, foi no tamanho certo.

“…Quando a primeira pessoa me chamou de gênio, eu tive a genialidade de não levar isso a sério

http://www.radiometropole.com.br/noticias/index_noticias.php?id=VDBSTk0wNVVaejA9

…………………………

…………………MINISTRA ELIANA CALMON E AS RAZÕES DO ILUMINISMO

AS RAZÕES DO ILUMINISMO (ROUANET, Sérgio Paulo; Cia das Letras, SP, 1987) grudou em meu olho, desde que o vi. Foi questão de pele, assim como A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER (Milan Kundera), com o qual o amor não passou, infelizmente, de alguns amassos. Obrigado a Júlio, o colega lá da antiga S. Lázaro (FFCH/Ufba) que me emprestou. Que livro esclarecedor!

Foi ele que me disse, com todas as letras (e erudição) que havia, pelo menos, duas razões: a do sistema, que se encarrega de mantê-lo, incrementá-lo e defendê-lo não raro incondicionalmente (e por isso se chama razão instrumental ou sistêmica), e a Razão em si. Mãe da Justiça, das grandes obras e das grandes figuras, esta se caracteriza por sua vocação: opor-se. Opor-se a? Aos pecados dos sistemas, em especial a opressão razão do sistema). Estaria essa grande razão para a instrumental ou sistêmica como a Ética (águia) está para a Moral (galinha), como reza o ex-frei Leonardo Boff, em A ÁGUIA E A GALINHA? É possível. Não é ela (a Razão em si) o que se salva no ser humano?  Ou melhor: o que salva o ser humano? Pena que, também, seja sempre ela a primeira vítima das censuras. Ou das ideologias.  Ideologias… Estaria aí um bom exemplo de razão sistêmica ou instrumental?

Sim. Afinal, sendo do contra, a grande Razão sempre se chocará com o faminto animal que aspira, deseja e, para a realização do seu desejo (felicidade), organiza sistemas e constrói poder. Não é um animalzinho qualquer, né, leitor? É bicho dado a sonho e que “age por objetivo”, como diz Norberto Bobbio (veja ELOGIO DA SERENIDADE E OUTROS ESCRITOS MORAIS). Tá notando que, capaz de cálculo, discurso… (até lágrima!), é bicho perigoso, né (veja TUDO PODE DAR CERTO?, O DILEMA DE TEREZA CRISTINA, UM GRANDE NEGÓCIO?,A VINGANÇA DE MARX, NADA É TUDO…)? Tanto que monstros sagrados como Guimarães Rosa e Willian Shakespeare picharam as suas páginas com a palavra PERIGO!. O inglês, aliás, talvez por ter solto no teatro o que Maquiavel soltou na filosofia, chegou mesmo a dizer: “mais perigoso que o próprio perigo” (Júlio César. Obras Completas, vol.I, Rio de Janeiro, Ed. Nova Aguilar, 1995, fl.438). Tá vendo que o nosso mais rico filósofo (Eike Batista) sabia o que dizia quando disse que o capitalista (aquele que visa lucro, mesmo quando não arrisca um centavo do seu…) não pode ficar solto (“sem fiscalização”)?  Veja O FESTIVAL DA CARNE: CARNAVAL.

Por falar em solto, lembremos de uma prisão: Ética (única prisão de segurança máxima capaz de conter a fera, justamente por ser feita de conceitos e princípios que o próprio preso não aceita atacar – veja A GUERRA QUE ELES NÃO PODEM PERDER …). E, falando em Ética, lembremos que, em sua obra máxima (ÉTICA: direito, moral e religião no mundo moderno),o grande Fábio Konder Comparatto passou uma flanela no significado empoeirado do vocábulo Lei (a boa lei, claro: a de boa-fé. Não a que eliminou e proibiu, por motivos torpes, artigos no site Sindjufe; veja: GRILAGEM x APAGÃO MORAL, A PULGA, O BURRO e AS NORMAS , O SISTEMA É BRUTO. MAS FALHO – parte 1…) e, pregando que toda boa regra nada mais é do que ética aplicada, esclareceu:

… a lei sempre aparece…como algo contrário ao nosso egoísmo…” (fl. 294) porque “… a lei verdadeira é … a expressão da razão e da justiça…”( fl.113).

Alguma dúvida, leitor? Claro que não, né? Essa é a função civilizadora da Lei. E não é por outro motivo que outro baiano dizia que, fora dela, não haveria solução (devo e não nego uma viagem em livro de A VIDA DE RUY BARBOSA. Pago quando puder)? E não é por isso que, quanto pior a sociedade, piores as suas regras ou o seu cumprimento? Tanto é verdade que a boa lei não só tem de ter em mira a Ética (educação do desejo), como só pode existir para impor: contenção, responsabilidade, preocupaçã com com o todo, bem-estar coletivo, dignidade,  justiça e … sanção. É ou não a imposição da Ética na terra? Às vezes, não pega, né? Daí porque Democracia (expansão da sociedade para dentro de si mesma) implicar, NECESSARIAMENTE, transparência

Ó: CONSELHO DE ÉTICA é um bom conselho, viu?

Encarregada de análise e comprometida com valores, a Razão em fala sériosi – não a instrumental ou sistêmica!- sempre seria, segundo o raro Sérgio Paulo Rouanet, a mãe de todo Iluminismo ou libertação. Sejamos mais simples: a grande razão sempre será o moroso alto-falante a desentocar coelhos, de olhos bem abertos na moita dos seus discursos (dizem que coelho dorme de olho aberto, sabia? Pobres dos coelhos, coitados!). E se me lembro bem (tô falando de memória, o que prova o quanto a obra já devolvida foi formadora para mim), lá no AS RAZÕES DO ILUMINISMO também tá escrito que a famosa Ilustração do século XVIII foi apenas mais um iluminismo na História (o maior O PROCESSO CIVILIZATÓRIOdeles teria sido o da Grécia antiga?). Aliás, lá pelo duro O Processo Civilizatório, Darcy Ribeiro também diz que o feudalismo conhecido foi apenas um entre outros. Terá havido suficientes explosões para que a galáxia humana conheça melhor organização?

O fato é que sem a Razão que procura a Ética, o bicho realmente pega. Aliás, você tá notando que, para administrar tanto potencial (inclusive de conflito) só mesmo a tal da DEMOCRACIA, né, leitor? Que exige Responsabilidade (Cidadania)! Cidadania? Sim: o poder de alguém (seja quem for!) opor a sua vontade a outra vontade (seja ela qual for!), desde que baseada em Lei (veja DEUS É FIEL?, O SISTEMA É BRUTO. MAS FALHO – parte 1, POR QUE O TJ DEVE REVER A DECISÃO, O POVO NÃO É BOBO… 2 (O QUE É ISSO, COMPANHEIRO?), INSENSATO CORAÇÃO, A VIAGEM…). Agora, por que será que esse tal Estado Democrático de Direito (Lei, Garantias e Participação Públicas) só ocorreu– quando ocorreu! – no tal do capitalismo…? Será porque, DISTRIBUÍDA, a propriedade (inclusive a do SABER) liberta; CONCENTRADA, exclui e MONOPOLIZADA, escraviza? Pode ser. É bom poder dizer “… que que é? Tô pagando…”, né, leitor? Dê uma olhadinha em O DILEMA DE TEREZA CRISTINA, VOCÊ É SOCIALISTA? TEM CERTEZA?, O PLIN-PLIN E A VERDADE!, A PALAVRA E O TEMPO

Último Lembrete: pouco depois de AS RAZÕES DO ILUMINISMO (o 7º lançamento do maior erudito brasileiro e autor de frase na coluna direita ao lado; veja mais sobre Sérgio Paulo Rouanet em MULTIUSO5 …), coincidentemente a razão sistêmica do socialismo desabou no Leste europeu, vergada sob seu próprio peso (veja STALIN, MAO, FIDEL (e ERENICE, VIDEOGRAMAS DE UMA REVOLUÇÃO, CISNES SELVAGENS, VOCABULÁRIO DE IDEIAS PASSADAS…). Ânimo, Renovasindjufe.

Bom título (AS RAZÕES DO ILUMINISMO) né, leitor?  Tá ligado no “razões”? Com ele não tem história: iluminista é a razão não comprometida com o poder. Repetindo: não comprometida com o poder.  Você sabe que não comprometimento com poder gera  lógica, institucionalidade … valores  (ÉTICA NÃO É IDEOLOGIA, né?) Teria sido por isso que A Tarde on line publicaria em 10/03/2012 CNJ investiga agora ‘desvio’ de servidores? Segundo a matéria, a Corregedora do Conselho Nacional de Justiça, a aplaudida Ministra Eliana Calmom, teria se voltado, agora, para a regularização do quadro funcional dos tribunais:

“…No ofício, a corregedora pediu que os presidentes de tribunais informem todos os casos de desvios funcionais de servidores, inclusive para os outros Poderes. A corregedora também quer dados sobre os casos em que o funcionário ocupa um cargo específico, como psicólogo, mas exerce de fato outra atividade…”

 http://atarde.uol.com.br/noticia.jsf?id=5818627

O combate ao pavoroso desvio de função é o mínimo que se espera de uma casa de Jusitça, né, leitor? Mesmo porque, quando alguém é desviado para baixo, não só a lei (exemplos: artigos 13, 117, XVII da Lei 8112/90) sai ferida. Sobre este assunto, peço a sua atenção para O ACENO DE SEVERINO O ACENO DE UBIRAJARA,  já publicados no Jornal Sindjufe. Aproveite para ver como a direção da entidade tinha razão quando eliminou os artigos. Duas dicas (clicando nas imagens, você as lê com zoom):

SEVERINO, EXTRATOO ACENO UBIRAJARA EXTRATOJá imaginou se o pernambucano Ubirajara disputasse cargo em algum órgão público onde é a máquina (e não o concurso e a lei) quem diz o que cada um vai ser ou fazer, leitor? Pena que, mais uma vez,  não se trata de ninguém do trololó de esquerda… Você concorda, aliás, leitor, que – como o Ministro Barbosa (MINISTRO JOAQUIM BARBOSA: “Judiciário tem grande responsabilidade pelo aumento da corrupção no país”) e certamente outros – a Ministra baiana nos pergunta todo dia:

o que teria faltado a esse triste país, senão uma elite razoável (responsável)?

Bem, se você não leu, leia agora a entrevista de página inteira publicada na versão impressa do Jornal A Tarde (12mar/12), que fez uma justa homenagem ao senso de justiça nacional  e à Corregedora (clique nas imagens …).

…por algum tempo. Atenção, leitor, a Ministra vai dizer que recebeu uma representação criminal apenas para que a sua credibilidade fosse atingida. Isso lhe lembra alguma coisa?

Sobre esta imensa figura do Judiciário Federal, a presidente da República teria dito o seguinte: “essa é das minhas” (http://www.bahianoticias.com.br/justica/noticia/41881-%E2%80%98essa-e-das-minhas%E2%80%99-disse-dilma-sobre-corregedora-eliana-calmon.html)

Anúncios
Esse post foi publicado em e-mail sindjufe, machadodeachismo, resenha. Bookmark o link permanente.

4 respostas para MINISTRA ELIANA CALMON E AS RAZÕES DO ILUMINISMO

  1. Se entendi um pouco, a mim parece ter identificado o “trilho da larga estrada da corrupção” caminho pelo qual percorre em alta velocidade o Sistema político que desde décadas passadas instituiu-se no Brasil transformando-o nisso que aí está e que causa muita dificuldade para a sua governabilidade, mesmo com uma presidenta como a atual que, tendo já a experiencia de que a solução para os graves problemas do governo brasileiro, mostra que alcança-lo é mais difícil com homens do que com MULHERES, “Dói na alma saber que vendem sentenças” e “Essa é das minhas” tanto que essas fazem exprimir publicamente seus verdadeiros sentimentos para com a pátria como a Ministra Eliana Calmon e fazem aflorar a honra, honestidade, dignidade e justiça o que não é próprio do homem, que tem mostrado ao longo do tempo em que cultivam esse estado de putrefação moral, no exato momento dão provas de sua manutenção através das dissidencias acontecidas na Camara dos deputados, quando negam a atender as necessidades do país enquanto não forem atendidas necessidades de seus grupos. Se o povo brasileiro continuar omisso a tudo isso e não se unir às idéias patrióticas e reeleger as hienas que aí estão, então o Brasil afundará.

  2. Marilda Oliveira disse:

    Prezado Estrela. A nobre Juíza Eliana Calmon deve investigar o elo que liga os fatos abaixo relatados, não somente nos três poderes, mas também na Justiça brasileira.
    14 de Agosto de 1996, quarta-feira, 14:30 horas – Senadores, Deputados Federais, Autoridades Federais do Executivo e do Judiciário, Representantes de Organizações Não-Governamentais e mais de uma centena de bahá’ís ocupam o plenário do Congresso Nacional. Pontualmente às 15 horas, todos se postam em pé e ansiosos dirigem o olhar para a entrada principal do plenário de onde surge Amatu’l-Bahá Ruhíyyih Khanum… Os corações estão acelerados, as lágrimas contagiam de terna emoção aquele recinto solene. http://mudancaedivergencia.blogspot.com.br/2012/01/camara-dos-deputados-brasilia-onde.html
    http://mudancaedivergencia.blogspot.com.br/2012/01/constituicao-brasileira-e-verdade-sobre.html
    E tem mais… muito mais…é assustador!

  3. Kátia Aguiar disse:

    Adorei o texto… é digno de você (ou seria o contrário?)… “[…] iluminista é a razão não comprometida com o poder.” Mas, infelizmente, o que se representa como “poder” por estas paragens se traveste também como o mais “racional”… é que, apesar da elite dos 20.000 leitores deste blog (PARABÉNS!), ainda falta muito neste continente chamado BRASIL, né? Não é pra qualquer um…kkkkkkkk
    Infelizmente, também, na maior parte das vezes, quando se diz “afinal, estamos numa democracia”, a expressão está mais ligada a qualquer fuzarca do que à RESPONSABILIDADE… aquela responsabilidade democrática que nos faz ver que somos o outro do outro, né? Que o público é para o público… enfim… Vida longa e próspera para Eliana Calmon! Para Luiz Estrela também!
    Beijo, querido

  4. Kátia Aguiar disse:

    Voltei porque enquanto estava lendo o segundavia, ouvia também ao Jornal Nacional… não é que o advogado do ilustre senador Demóstenes Torres continua dizendo que as “maledicentes” gravações (de conversas entre o senador e o famoso Carlinhos Cachoeira) não têm valor jurídico, porque o dito cujo não pode ser julgado pela “justiça comum”? Como se isso pudesse “lavar a lama”, né?… RAZÃO comprometida com poder… Rui Barbosa démodé…
    Manda o link do segundavia pra eles…
    Beijo
    Kátia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s