SÓ O ATO SALVA e só o ético pode orar! (texto de 2005*)

25/03/21

Parabéns, STF. Não pelo ex-presidente, nem pelo baque na Lavajato, que desentocou grandes ratazanas gigantes. Mas, pelo precioso e DEVIDO PROCESSO LEGAL  (arts. 369 do CPC e 5º, LV da CF/88).

SÓ O ATO SALVA e só o ético pode orar!…………………………………………………………..

Dizia o apresentador da convincente propaganda política, enchendo a tela de TV com seus olhos azuis, gente excluída e emoção:“se cenas como essas tocam o seu coração, você pode até não saber, mas, no fundo, no fundo, você também é um pouco PT!

Tempos de esperança, aqueles (veja o vídeo)… Pena PT&Cia não terem sido tão “…um pouco PT

Karl Marx, o gênio que ainda no correr dos mil e oitocentos revirou o intestino da produção capitalista e os seus odores à História, pode ter errado (o capitalismo que se converteria em socialismo infelizmente voltou atrás)… Mas o cuidado com que examinava o trajeto humano em sociedade jamais o autorizou a tirar o lenço do nariz: nenhum de nós é o que prega. Cada um de nós é o que faz! Só o ato é verdade, sobretudo o que praticamos sem a intenção de torná-lo público. Tudo o mais (palavra, ideologia…) é moldura para o eterno conflito entre a fala e a mão.

Agora, imagine se Deus não tivesse lido Marx. Já pensou se Ele se baseasse na oratória de cada um? Que cara teria feito a santa, por exemplo, no momento em que aquele árbitro de futebol – de braços abertos e olhos para o céu, no centro do gramado – beijava as suas imagens católicas, utilizando-as para as fraudes que iria cometer (leia sobre em http://globoesporte.globo.com/sp/futebol/noticia/2015/09/ha-10-anos-futebol-era-abalado-pelo-escandalo-da-mafia-do-apito-relembre.html)? E que cara deve ter feito o próprio Marx (se é que ele ainda tinha cara, coitado), quando soube daquele Land Hover (leia sobre em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/04/05/era-um-sonho-ter-land-rover-diz-silvinho-a-pf.htm)? Da cueca, é melhor nem falar, por sua absoluta intimidade com os baixos instintos (leia sobre em https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1907200521.htm). De Severino? Falar o quê se, além de baixo, ele sempre foi o que disse ser (leia sobre em https://congressoemfoco.uol.com.br/legislativo/morre-severino-cavalcanti-ex-presidente-da-camara/)? “O Homem é um animal teleológico” (que age por objetivos), certificou o sereno Noberto Bobbio (em A Era dos Direitos), estendendo a mão ao grego Aristóteles, que já havia tipificado o mamífero humano como um ser político (que aspira; organiza sistemas; constrói poder). Sai de baixo!

E Deus com isso? O lírico Kant, a quem o quase bom Marx chamava de idealista, dizia: “acima de mim, o céu estrelado; dentro de mim, a Lei Moral”. Que lei era essa? Era a valoração interna, pessoal e imperativa, que deveria se transformar num esforço individual para comportar-se segundo os mais altos ideais de conduta, cujo resumo (comporta-te de tal forma que, se o mundo vier a te imitar, o próprio mundo ficará melhor) bem poderia adentrar a publicidade com o seguinte slogan: pessoa boa é a que pratica o ato bom.

Bom, na doce linguagem Kantiana, é o ato que, reproduzido, melhora a comunidade. De outro jeito: bom é quem age com responsabilidade e sem a intenção de prejudicar. Assim, a Lei Moral seria uma espécie de vacina que a consciência se autoinocula contra a torpeza, propiciando um dia-a-dia que ative Deus. Ou gere-O. Logo, não basta persignar-se e rezar para que uma mão invisível mova um apagador sobre um possível rastro de crime. Como sugere o bom-senso, Deus não cai do céu. E, sem Ética, não é possível alcançá-LO. Só o ato salva e só o ético pode orar, embora não precise, já que os seus atos oram por ele.

Por ser a única autorizada por Deus, a religião da boa-fé a que chamamos Ética garante: Deus não quer mais do que honestidade, inclusive quando se peca. Seria por isso que o ato de orar é quase compulsivamente precedido do de fechar os olhos? Talvez. Fechados, eles vêem melhor.

Feliz Natal. Próspero ano novo!

*originalmente publicado no Jornal Sindjufe-ba, em outubro/2005
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para SÓ O ATO SALVA e só o ético pode orar! (texto de 2005*)

  1. Pingback: NO PASSARAN! |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s