DICIONÁRIO AMOROSO DA AMÉRICA LATINA

É tão ruim este livro, tão ruim que, ao refolheá-lo para este comentário, reli-o em dois dias. E com o mesmo tesão!  São 358 páginas de área construída,  mas  toda ela utilmente ventilada e com vista para o mar. Vê-se,  de todos os andares, tudo na América, não sendo uma ou outra a vez em que se enxerga até além da Europa. É um mundo em que o sol, forçado pela própria luz,  praticamente não se põe:

“…Escrever um romance é uma cerimônia parecida com o strip-tease. Como a jovem mulher que, sob impudicos refletores, tira suas roupas e mostra, um por um, os seus encantos secretos, o romancista também desnuda a sua intimidade em público por meio de seus romances. Existem, claro, diferenças. O que o romancista exibe de si mesmo não são seus encantos secretos, como a desenvolta jovem, mas demônios que o atormentam e o obcecam, a parte mais feia de si mesmo: suas nostalgias, suas culpas, seus rancores … (fl.294) …Um escritor digno desse nome continuará a jogar na cara dos homens o espetáculo nem sempre agradável de suas misérias e de seus tormentos… (fl.240). Dê uma olhadinha na coluna de frases ao lado, leitor)

Denso, saboroso e coado em fina seda, esse nem sempre amoroso dicionário  é, na verdade, um cesto de  verbetes de primeira necessidade  que a boa mão do lavrador colheu da alma latina (suas cidades, história, personagens, autores, línguas, política, poder, mitos, mistérios, artes, literatura, imaginação, psicologia…), enchendo-o  já em forma de suco.  Tudo está nele, sobretudo os bons  pedaços de terra e semente que descem goela abaixo, liberados pela seda:

…(quando eu chegava a Santiago, em 1993, uma delegação de Cuba, presidida por um vice-ministro de Fidel Castro, numa coletiva de imprensa, estimulava empresários chilenos a investirem na ilha caribenha. Entre as vantagens mencionadas pelos cubanos, figurava além da livre remessa de lucros e da isenção total de impostos, o benefício suplementar de que “em Cuba nunca há greves…”)… (fl.99)

…quando morria o imperador (inca), morriam com ele não apenas suas mulheres e concubinas, mas, também, seus intelectuais, chamados de amautas, homens sábios. Sua sabedoria tinha como única função permitir a seguinte impostura: transformar a ficção em história.  O novo inca assumia o poder com uma corte novinha em folha de amautas cuja função era reescrever a história oficial e corrigir o passado, relegando ao esquecimento os imperadores precedentes... (fl. 185)

 Já tendo vencido os prêmios Cervantes (1994) e Príncipe das Astúrias de Letras Espanha (1986), o excelente Mário Vargas Llosa (que foi militante comunista na juventude) é um pensador de coragem que, neste livro, passeia pelo mais recôndito das Américas (inclusive o sertão baiano de Antônio Conselheiro) e tudo discute:

“…Pesa sobre o latino-americano uma lápide,  uma velha tradição que o leva a esperar tudo de uma pessoa, instituição ou mito (…), ante o qual abdica de sua responsabilidade civil…(fl.21)

É uma bíblia  e só ela já seria suficiente para o Nobel de Literatura. Chile tem dois (Gabriela Mistral, 1945 e Pablo Neruda, 1971) e Colômbia, um ( Gabriel Garcia Márquez, 1982). E tu, Brasil?

No  pdf abaixo, você sorverá alguns bons goles de  RAZÃO, DEMOCRACIA, LITERATURA, CARNAVAL, JORGE LUIS BORGES, GABRIEL GARCIA MARQUES, CABRERA INFANTE/CUBA/FIDEL/ SOCIALISMO, CONTRADIÇÃO FUNDAMENTAL, IDEOLOGIA FUNDAMENTAL DA AMÉRICA LATINA, SOBERANIA, POLÍTICOS, CHILE, NACIONALISMOS x GLOBALIZAÇÃO,  CHE GUEVARA, IMPÉRIO INCA.

DICIONÁRIO AMOROSO DA AMÉRICA LATINA – goles

Boa viagem.

 post relacionados:

ÁGUIA OU GALINHA?  
DOGVILLE
 GUIA POLITICAMENTE INCORRETO DA HISTÓRIA DO BRASIL
EM DEFESA DA ÉTICA E DA LIBERDADE, INCLUSIVE DE EXPRESSÃO
 ÉTICA NÃO É IDEOLOGIA
 QUAL DEMOCRACIA QUE QUEREMOS?
AH, SE EU SOUBESSE
 FIDEL, o filme
 PT GO HOME
 PAULA x TAIS 
 LER DEVIA SER PROIBIDO
  QUEM RESPONDE?
 É MUITA ONDA
ILUSÕES PERDIDAS
FASCISMO DE ESQUERDA (o livro)
STALIN, MAO, FIDEL (e ERENICE)
Anúncios
Esse post foi publicado em machadodeachismo, resenha. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para DICIONÁRIO AMOROSO DA AMÉRICA LATINA

  1. Fátima Araújo disse:

    Que delícia essa resenha. Me deu vontade de beber novamente desse suco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s