para quem tem mais de 05 anos de idade e COME “H”

antes da matéria - Cópia“CONSELHO FISCAL”?

Eu estou há 26 anos aqui na confederação, nunca tive um diaconselho-fiscal-coaracy as minhas contas reprovadas, foram sempre aprovadas pelo nosso conselho fiscal. Então, eu não tenho o por que de ter alguma suspeita sobre meu nome”, disse Coaracy Nunes Filho.

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/09/confederacao-de-desportos-aquaticos-e-investigada-por-fraude-em-licitacoes.html

No Sindjufe antigo tb tinha “Conselho Fiscal”, amigo…

Veja O QUE É ISSO COMPANHEIRO II, A VERDADE, NADA MAIS DO QUE A VERDADE III

VOZES NÃO MAIS DO DESERTO:

……………..para quem tem mais de 05 anos de idade e COME “H”mangabeira-unger-lula-o-maior-corrupto-do-brasilmangabeira-unger-lula-o-maior-corrupto-do-brasil-2lula-gabrielli-dilma-sarney-lobao-premiun-i-e-ii-veja-04fev15rui-barbosa-nulidadesO MILITANTE IMAGINÁRIO (Arnaldo Jabor)

“…Eles gostam de ser militantes porque é bonito ser de uma vaga esquerda enobrecedora; ela abriga, como uma igreja, muitos tipos de oportunismo ideológico. São professores universitários, intelectuais sem assunto, jovens sem cultura política e até mesmo os black blocs que já são tolerados e viraram uma espécie de “guarda revolucionária” dos militantes.

Existem vários tipos de militantes imaginários. Há o militante de cervejaria, de estrebaria e de enfermaria. Bêbados, burros e loucos.

O MI é um revolucionário que não gosta de acordar cedo. É muito chato ir para porta de fábrica panfletar. O militante verdadeiro, puro, escocês, só gosta de teorias. A chamada “realidade” atrapalha muito com suas vielas e becos sem saída (…) eles querem um Brasil decifrado por três ou quatro nervrura-do-real-chauislogans…

(…) E, quanto mais fracassos, mais fé. O MI perde o poder, mas não perde a pose (…). A cada uma de suas frequentes derrotas, mais brilha sua solidão de “vítima” do capitalismo (…)

Há até MIs cultíssimos, eruditos; porém, burros. Eles não veem o óbvio, porque o óbvio é muito óbvio. Acham que a verdade só existe escondida nas nervuras do real…

 (…) Depois de 13 anos de erros sucessivos, quando o PT abriu as portas para o presidencialismo de corrupção (…) refloriu a primavera dos militantes imaginários  (…) A desgraça é que eles insistem nas dualidades ideológicas, quando o problema do Brasil é contábil. É a economia, estúpidos! (…) Não importa se dilmistas e petistas tenham arrasado o país, jogando-o na maior depressão da história; o que importa para os MIs é que, mesmo arrebentando tudo, eles portavam a bandeira mágica da revolução imaginária que tudo justifica

… O MI vive falando em “democracia”, mas não acredita nela (…) só defendem a democracia como estratégia (“a gente apoia e depois esquece…”) .

(…)  os MIs andam eufóricos — não precisam mais governar e outras chateações administrativas. Agora, estão na doce condição de vítimas (…) enquanto contribuem para a paralisia brasileira (…)  O MI me lembra uma frase de Woody Allen que adoro:

“A realidade não tem sentido, mas ainda é o único lugar onde ainda se pode comer um bom bife”…’

http://oglobo.globo.com/cultura/o-militante-imaginario-20140067#ixzz4LHQ5ls8Z

O EX-FUTURO PRESIDENTE IDEAL  (Nelson Mota)

“Do início do governo Lula até o mensalão, me tornei um grande admirador de Antonio Palocci, imaginava que ele poderia suceder Lula em 2006, estava disposto não só a votar PALOCCIcomo a fazer campanha para ele. Em contraste com a grossura e a bravataria de Lula, ele era sóbrio e eficiente, de uma discreta simpatia interiorana, habilíssimo em negociações políticas e na condução da economia, um moderado moderno, inteligente e competente, com prestígio político, experiência administrativa e credibilidade com o empresariado e com todos os partidos.

O presidente ideal, que muita gente, até quem não gostava do PT, sonhava. Uma espécie de síntese dialética de Lula e FHC. Palocci falava, e pensava, com clareza e precisão desconhecidas por Dilma (…)

Como leitor de romances, fiquei fascinado com o escândalo da “casa dos prazeres” da turma de Ribeirão Preto, regado a garotas bonitas e bons negócios, mas, como eleitor, fiquei arrasado quando Palocci caiu. Não porque estava roubando, fraudando licitações ou arrecadando dinheiro para o partido, pensava-se, caiu por medo da mulher, do que teria que dizer em casa (…) E perdeu a chance de ser candidato a presidente, com apoio até de parte da oposição (…)

Estava liquidado. Mas não, ele foi decisivo para a eleição de Dilma, ganhou poder e autoridade, e era uma esperança de competência e sensatez na Casapalocci Civil. Poderia ter minimizado os desatinos de Dilma e talvez impedido a grande gastança e a contabilidade criativa. E se credenciado para sucedê-la. Mas não, preferiu faturar 20 milhões de reais com consultorias duvidosas.

Trocou, duas vezes, por dinheiro e por mulheres, a chance de mudar a História do Brasil. E acabou preso…”

http://noblat.oglobo.globo.com/geral/noticia/2016/09/o-ex-futuro-presidente-ideal.html

Que mofe na cadeia e perca os bens! Veja, também: CONSELHO DE ÉTICA, O MUNDO IRREAL DE AMANDA GURGEL, O POVO NÃO É BOBO, ABAIXO…, XÔ CORRUPÇÃO!, PARABÉNS, VEJA!, TUDO PODE DAR CERTO?, SEM MEDO DE SER FELIZ, LULA E DILMA, 10 ANOS, O PT DO PODER, GILBERTO CARVALHO EM UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL, VEJA “MENTE” III, TEMER E O PT NO CENTRO DO RODAVIVA, ÊTA MUNDO BOM! (DIRCEU, A BIOGRAFIA – parte 1), ÊTA MUNDO BOM! (DIRCEU, A BIOGRAFIA – parte 2), ÊTA MUNDO BOM! (DIRCEU, A BIOGRAFIA – parte 4), ÊTA MUNDO BOM: DIRCEU, A BIOGRAFIA – parte 5!

É DINHEIRO DEMAIS, GENTE! (José Nêumanne)

“Após a Lava Jato ter bloqueado R$ 128 milhões do patrimônio de Antônio Palocci o Banco Central bloqueou mais R$ 20,8 milhões. São quantias absurdas, que dão uma ideia de quanto pode ter sido pago em propinas pelos préstimos do ex-ministro da Fazenda de Lula e chefe da Casa Civil de Dilma, acusado pela força-tarefa de Curitiba de ter administrado uma conta corrente da empreiteira Odebrecht palocci-presocom o PT para remunerar seus figurões com propinas oriundas da Petrobrás. Isso dá uma ideia ainda  mínima de quanto a organização criminosa atuante nos 13 anos, 4 meses e 12 dias dos três governos e meio petistas pode ter surrupiado dos cofres públicos.”

http://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/e-dinheiro-demais-gente/

Veja O MINISTRO MARCO AURÉLIO DE MELO, NO RODAVIVA (quase tudo)

AFUNDOU O PAÍS E FOI À PRAIA (Guilherme Fiúza)

“Progressistas de butique não se importam que as bandeiras de esquerda tenham sido usadas para roubar o país (…)

guilherme-fiuza-afundou-o-pais-e-foi-a-praia-1atenção, comprar o barulho do governo destituído e seus genéricos não tem nada a ver com ser de esquerda. Ao contrário: além de destruir a economia popular, essa gangue fraudou as bandeiras da esquerda. Adaptando Millôr: desumanizaram o humanismo…”

http://oglobo.globo.com/opiniao/afundou-pais-foi-praia-20170814#ixzz4LpNMucMN

ao-volante-roberto-p-toledo-1ao-volante-roberto-p-de-toledo-2ao-volante-roberto-p-de-toledo-3ao-volante-roberto-p-de-toledo-4Este importante texto de Roberto Pompeu de Toledo (Veja, 14/09/16) se encerrou considerando que 1) as razões jurídicas do impedimento de Dilma Roussef, embora aceitas pelo STF, talvez fossem discutíveis; e 2) que a pouca contundência do atos analisados cobraria um preço na história. Pode até ser. Mas, note, leitor, que o próprio articulista ressalta que o desastre-Dilma não tinha como continuar…

Lembrete: na denúncia original de JANAÍNA, BICUDO E REALE JR., os tais créditos suplementares e pedalada fiscal eram sJANAÍNA PASCOAL E HÉLIO BICUDO, RODA VIVA, 9ecundários. O principal era PETROBRÁS, PASADENA, EMPREITEIRAS… Só que os 03 deputados do PT no conselho “de ética” não se entenderam com Cunha… E o pedido de abertura do processo foi aceitou. Mas, sem a parte fundamental, que afetava o camarada Cunha e toda a base alugada…

Veja também PARA QUEM TEM MAIS DE 05 ANOS DE IDADE E NÃO COME “H”, DISCURSO PARA QUEM TEM MAIS DE 05 ANOS DE IDADE, ÊTA MUNDO BOM! (DIRCEU, A BIOGRAFIA – parte 4), TROPA DE ELITE: REINALDO, PADILHA E ANINHA, O PT DO PODER, JANAÍNA PASCHOAL E HÉLIO BICUDO:O SHOW

ESCANCARANDO O VOTO (Antônio Risério)

“…Mantenho, para o próximo outubro, as mesmas preferências que anunciei nas eleições de 2012: apesar do PT, Haddad em São Paulo; Marcelo Freixo no Rio; e, apesar do DEM, Neto em Salvador. (…)

Neto não precisa do voto de ninguém para se reelegeRISÉRIOr: é capaz de, com o tempo, se tornar mais popular que o avô.

O que há em Salvador, hoje, é uma disputa renhida para ver se quem fica por último é a candidata do PCdoB ou o candidato do PDT (um amalucado que diz que era gay e se curou). Covarde, o PT local fugiu da raia, safando-se de uma senhora surra (…)

http://noblat.oglobo.globo.com/artigos/noticia/2016/09/escancarando-o-voto.html

Caetano ataca manifestações pró-impeachment e fala asneiras pelos 7 buracos da sua cabeça do miolo mole (Reinaldo Azevedo)

‘Caetano Veloso é um cretino e irresponsável (…) Disse o cantor:
“A manifestação de domingo, para mim, não foi suficientemente diferente da passeata da Família com Deus [pela Liberdade], que apoiou o golpe de 64” (…) Se é assim, ou Caetano não entendeu as marchas de 1964 ou não entende as de 2016. Talvez as duas coisas. Não tem jeito: ao bom compositor cabe a pecha que lhe pespegou José Guilherme Merquior: “subintelectual do miolo mole”(…)

As marchas de 1964 pediam golpe de estado; a manifestação do dia 13 e as três que a antecederam, em 2015, repudiam todas as formas de golpe: tanto o militar como o dado com o auxílio das urnas.

reinaldoAs marchas de 1964 viam no Brasil a ameaça da comunização; os atos de agora se opõem à cleptocracia e às agressões ao estado de direito.

As marchas de 1964, como o nome indica, tinham um forte caráter religioso, de cunho reacionário; os atos de agora são absolutamente laicos e, ao contrário do que se deu há 52 anos, contam com uma nada discreta antipatia de amplos setores da Igreja Católica.

As marchas de 1964 queriam depor Goulart porque ele era quem era e pediam a intervenção militar; as manifestações de agora cobram a saída de Dilma porque ela cometeu crime de responsabilidade. E entendem que a tarefa cabe ao Congresso — no caso de impeachment — ou ao TSE.

O único paralelo que Caetano ou qualquer outro podem fazer, desde que não lhes sobre má-fé, é com os atos de 1992 em favor do impeachment de Collor. Sim, há uma diferença: naquele caso, as esquerdas queriam a queda do presidente de turno; em 2016, elas são beneficiárias da regime de roubalheira e se mobilizam contra o impeachment (…)

Não seja desonesto, sujeito!

PS: Caetano gosta de responder às críticas que lhe faço. Mande brasa! Se quiser, topo debate público, sem claque. Com a autoridade com que falou, talvez ele saiba de coisa que não saibamos. Está feito o convite.’

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/caetano-ataca-manifestacoes-pro-impeachment-e-fala-asneiras-pelos-7-buracos-da-sua-cabeca-do-miolo-mole/

OS ÍDOLOS DA ESQUERDA DO LEBLON (Reinaldo Azevedo)

“…A gritaria que setores de esquerda mais radicalizados fazem não têm em Dilma seu referencial. O que os mobiliza é a tese vigarista,veja, capa empreiteiras, julho 2015 falsa, cretina, de que um governo “progressista” foi deposto por uma conspiração de direita. É a estupidez influente entre esquerdistas que se querem intelectualizados. Não deixa de ser divertido: afinal, se os “companheiros” empreiteiros quiserem, transformam Lula, Dilma e o PT num amontoado de escombros morais. Os ídolos da esquerda do Leblon, no Rio, e da Vila Madalena, em São Paulo, estavam literalmente no bolso dos empreiteiros. Não é engraçado?…”

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/lula-boulos-e-stedile-compareceram-ao-funeral-mas-o-pt-abandonou-dilma/

CHICO BUARQUE ERA A FIGURA MAIS PATÉTICA…  (Reinaldo Azevedo)

“… Chico deveria estudar mais a obra do próprio pai, Sérgio Buarque de Holanda. Aquele famoso de óculos escuros, certo de que sua escolha pessoal corresponde a um bem para todos os homens, é um dos escarros do velho patronato brasileiro, que relega a população à condição de uma massa ignorante, que lula-e-chico-oculos-escuroprecisa ser conduzida.

A gente se lembra de Marilena Chaui a gritar, na presença de Lula: “Eu odeio a classe média!”.

A frase também tem a seguinte sonoridade: “Eu odeio o povo”…’

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/chico-buarque-era-a-figura-mais-patetica-desta-segunda/

O DESFECHO DO IMPEACHEMENT (Estadão)

“…Tivesse o ministro Lewandowski um mínimo de familiaridade com o artigo 52 da Constituição, o pedido teria sido rejeitado sem maiores considerações. Esse artigo, que estabelece a competência do Senado para processar e julgar o presidente, diz em seu parágrafo único que a condenação, proferida por dois terços dos votos dos senadores, será limitada “à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública, sem prejuízo das demais sançlevandowski-e-dilmaões judiciais cabíveis”. Salvo se o uso da preposição “com” ganhou significado oposto ao que manda a boa gramática, não é possível concluir outra coisa desse artigo senão que a inabilitação para o exercício de cargos públicos acompanha, necessariamente, a perda do cargo de presidente.

(…) O fato é que aqueles que tramaram a cavilação estavam no seu dia de sorte. O ministro Lewandowski, não conhecendo o artigo 52, aceitou o destaque que fatiou a votação. E assim, com a inocente anuência do presidente do Supremo Tribunal Federal, a Constituição foi reescrita no joelho (…)

(…) Assim, o impeachment de Dilma passou, mas seus direitos políticos foram preservados. A punição pela metade não garantirá a Dilma um emprego de merendeira, mas se presta a livrar plumas, couros e escamas de figuras graúdas do Congresso que estão enroladas na Justiça, algumas das quais com assento nas mesas que dirigiram os trabalhos desse processo e que deveriam estar conscientes de sua responsabilidade perante a Nação.

(…) Trinta e nove senadores que garantiram os direitos políticos da ex-presidente comprovaram que o brasileiro não tem “complexo de vira-latas” por causa das vicissitudes do futebol, mas porque é reduzido a essa condição por políticos agrupados em matilhas.

http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,o-desfecho-do-impeachment,10000073328

DIRCEU, O MÁRTIR (Josias de Souza)

“… No seu documento, o PT se absteve de fazer uma defesa aberta de Dirceu. Preferiu nem mencionar os nomes dos seus mártires. Conforme já comentado aqui, o texto apenas lamentou que o partido tenha adquirido o hábito da corrupção por contágio, como quem pega uma gripe: “…Fomos contaminados pelo financiamento empresarial de campanhas, estrutura celular de como as classes dominantes se articulam com o Estado, formando suas próprias bancadas corporativas e controlando governos.”

No caso de Dirceu, a “contaminação” reforçou o patrimônio pessoal do condenado, não as arcas eleitorais da legenda. O companheiro conspurcou os fins e apropriou-se dos meios. Na judirceu, eeeuuuuventude, sonhou ser uma espécie de Che Guevara brasileiro. Mas, que diabos, além do país Dirceu precisava reformar a mansão de Vinhedo.

Mas nem tudo está perdido. Apesar da sentença de Sérgio Moro, o documento do PT revela uma ótima notícia: não houve nenhum aumento no nível de cinismo do PT. Continua nos mesmos 100%. Com a vantagem de que Dirceu consolidou-se como mártir desse cinismo.”

http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2016/05/18/reincidencia-faz-de-dirceu-um-martir-do-cinismo/

Veja, também: ÊTA MUNDO BOM! (DIRCEU, A BIOGRAFIA – parte 1, parte 2, parte 3 e parte 4.

Anúncios
Esse post foi publicado em machadodeachismo, oxigênio, resenha. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para para quem tem mais de 05 anos de idade e COME “H”

  1. Pingback: MULTIUSO 25 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s