EXAME DE CONSCIÊNCIA

 NOTA DE ESCLARECIMENTO DESNECESSÁRIA

Os documentos oficiais divulgados neste blog têm levado dirigentes e ex-dirigentes  do Sindjufe-ba  a “análises” públicas pouco generosas com os fatos. Segundo o RELATÓRIO DE AUDITORIA assinado  por KLEBER MARRUAZ DA SILVA houve:

  • entre 2005 e 2007, um sumiço de  quase R$600mil, que a vigilância de quem cabia vigiar não percebeu (fls. 30 e 34);
  • entre 1º de maio/2002 (unificação) e julho/06, a arrecadação dos servidores do TRE DESVIOU-SE  da conta oficial do Sindjufe-ba  (fl.06); e
  • movimentação da conta não oficial através de cheque, a partir de agosto/2007 (fl.06).
  • AUDITORIA DE CANO CURTO (apenas um intervalo de amenos de 02 anos foi auditado)
  • o inquérito policial, “aberto”, jamais se concluiu!
  • o DESVIO apontado na referida fl. 06 (o filé) nem sequer foi denunciado...

Solicito a quem interessar possa que:

1)       contrarie esses dados ou quaisquer outros desta página, para a devida correção;

2)      analise os dados, não a página ou seu editor ou colaboradores. Mas, se o fizer, que utilize parâmtros demonstráveis e confessáveis, em respeito à inteligência do leitor (aqui vem uma massa crítica, lembremos);

3)      prefira a solidez do meio escrito (geradora de prova), como fazemos;

4)     ajude o Sindjufe-ba a responder, pelo menos na condição de pessoa jurídica, ao   E-MAIL ENVIADO AO SR. …  

(LIMINAR JUDICIALTRECHO RETIRADO A MANDO LIMINAR DA JUSTIÇA)

 e

5)    comente as nossas postagens (ex: O ZIGUE-ZAGUE DAS PALAVRAS); as dez renúncias; NÃO-subscrição do Diretor João Evódio ao primeiro “Direito de Resposta” (veja O SHOW LULA (texto) e O PROBLEMA DE FRANCISCO). Dê notícia também do Concurso Literário, através do qual a categoria deveria se “expressar” antes deste blog e depois das NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS (veja A PULGA, O BURRO e AS NORMAS (edição especial);

…………………………………………………EXAME DE CONSCIÊNCIA

Três matérias da EXAME (edição 980, nº21, 17/11/10) dão a entender um bocado de coisa, inclusive a reinvenção noturna da CPMF (já pensou se fosse o pessoal de FHC?). De trás para frente, a primeira (O REAL TAMANHO DE LULA, fl.58), chamou a atenção para a “água turva das piores práticas políticas” (…”abuso de poder, desrespeito à opinião contrária, ódio aos adversários…”) e alertou: ”…simplesmente, não existe na área econômica o paraíso que continua sendo descrito na propaganda oficial…”. Dois pisca-piscas:

1)    “…a economia cresce, mas a taxa de investimento do Brasil está abaixo do sofrível…”

2)    …”o Tesouro bate recordes de arrecadação, mas falta dinheiro para quase tudo: o Brasil continua um desastre em sua infraestrutura e em indicadores rudimentares de desenvolvimento, do saneamento básico ao controle da criminalidade…”

Até aqui, tudo bem, né?

Na segunda (O LADO MALDITO DA HERANÇA), torce-se pelo pulso forte, competência (mestrado e doutorado) e inclinação pessoal para os assuntos da economia da presidente eleita, sublinhando a frase “sou eu a responsável” (fl. 52). Lembra-se, também, do anúncio de juro real de 2% até 2014, que Dilma  teria feito logo após o resultado das urnas. Ora, por que a revista de negócios torceria por esse tipo de taxa? Porque quanto menor o ganho com juro, maior a abertura do capital para o investimento direto na economia: mais desenvolvimento. Lógico, né? É com esta clarividência que ela afirma:

  • “ …se quiser mesmo atingir em 2014 um juro de 2% ao ano, será preciso cortar pela metade a dívida pública líquida e dobrar a meta de superávit primário…” (fl. 52) e
  • “…para cumprir sua meta, Dilma terá de resgatar parte da política do governo de Fernando Henrique Cardoso, como fez o então ministro Antônio Palocci, no primeiro mandato de Lula…”(fl,52).

E Palocci (sim, aquele … da língua presa), que coordena a transição, tem ocupado, legitimamente, capas de revista, não tem? Você tá pensando no seu reajuste, não tá? Talvez ele saia, até porque o dos impostos e o das grandes corporações (juízes, promotores, cargos eletivos, funcionários do congresso…) já saíram ou sairão.  Mas não se iluda: a hora da conta chegou (nunca se esqueça de que temos um dos Estados mas caros, ineficientes e corruptos do mundo). Conversa de economista:

  • … A história econômica registra que não há crescimento sustentável com aumento de gastos e de dívida…” (Cláudio Haddad,  fl. 51);
  • “…se queremos ter um crescimento de longo prazo, temos de mirar esse alvo…” (Edmar Bacha, um dos geradores do Plano Real, referindo-se à meta atribuída à presidente: 2% de juro real ao ano, fl. 52).

Lembra do Plano real, de que todos os demagogos (inclusive o saudoso Brizola), “esquerdistas” e mentirosos de profissão diziam que arrasaria “os  trabalhadores”?

Piscas-piscas:

  • gastos e dívida pública crescentes;
  • juro real superior a 5%, contra uma média mundial de 0,6%. Diz a revsita:“…os juros graúdos do Brasil também servem para atrair capital especulativo e forçar a valorização do real – o que desacelera as exportações de manufaturados, incentiva as importações e eleva o déficit em conta-corrente …”  (quando compra mais do que vende – dizem os economistas – um país paga  a diferença tomando dinheiro emprestado no mercado. E a dívida e juros sobem);
  • menor taxa de investimento entre os Bric: 18% do PIB ao ano contra 40% na China;

E, agora, o principal: O AMADURECIMENTO EM MASSA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA (em 1990, o número de idosos era uma ponta de lápis). Sentiu o drama, leitor? Se sim, pergunte-se: como um momento tão crucial para qualquer povo ainda não virou pauta (da grande mídia, inclusive) nacional? Se não sentiu, anote:

1)    é na fase do amadurecimento que um país conta com o máximo possível de gente trabalhando. Daí a capa: VINTE ANOS PARA FICAR RICO. Depois dela (que, por si só, gera crescimento a mais e por isso é chamada de bônus demográfico), vem a velhice, quando a base da pirâmide (crianças e jovens) se estreita e a ponta (idosos) alarga;

2)    dura 20 anos essa fase (reze para o pré-sal dar certo) e, sobretudo nela, qualquer povo deve pensar como um indivíduo: tirar o máximo proveito de si. O que você fez (faz, fará ou faria) entre 30 e 40 anos? Investiu o máximo que pôde em educação e bens? Mesmo que você seja daqueles que rezam escondido(para usar mais um padrão do velho Machado – em Esau e Jacó – se não me engano), fez certo. Assim deve fazer um país, principalmente o que envelhece: investir fortemente em educação, produtividade e competitividade (modernização) da economia. Se não o fizer, continuam a revista e a realidade:  “…estaremos no pior dos mundos… o de uma nação de idosos que não melhoraram suficientemente seu padrão de vida e, pior, sem recursos para sustentar a velhice”, (fls. 38/46).

Números (da revista):

  • Crescendo 6,5% ao ano, em 2030 o Brasil poderia  chegar ao PIB da Espanha atual…;
  • até 2040, o gasto brasileiro com saúde vai se multiplicar por 03 (três)…;
  • o país está se preparando para ter de 30 a 40 milhões de idosos…;

3)    hoje, continua a revista, apenas 30% dos jovens brasileiros entre 18 e 22 anos estão na faculdade, contra 90% na Grécia;

Exemplos (do mundo):

  • a Coréia do Sul (a outra passa fome, coitada) fez o dever de casa antes mesmo de chegar ao bônus. Em três décadas, eles multiplicaram por 08 (oito) sua renda per-capta (atualmente em 20mil dólares, o dobro da nossa) e entraram no clube dos ricos. Com um detalhe: sem bens de origem (riqueza natural). Basearam-se apenas na própria gente, repetindo o Japão.
  •  “…estima-se que o bônus tenha sido responsável por até 30% do PIB da China na última década. Além disso, o fenômeno ajudou a tirar da pobreza cerca de 400 milhões de pessoas nos últimos 30 anos …” (fl.46)

A China, pra quem não lembra, é o país socialista cujo PC (único e há mais 60 anos no poder) reestabeleceu o capitalismo, embora sustente com bolsa-família o regime e os mísseis abadogue da Coréia do Norte.  E o Brasil é aquele país que, nos anos 60, estava na frente da Coréia (do Sul).

Atenção: 18/11/10, às 13h, “esclarecimento à categoria, sobre a questão… dos QUASE 600 MIL”.  Local: Justiça Federal. Entrada franca! Outra questão: por que não esclarecem por escrito, né? Microfone é tão compreensivo! Aproveite e leia mais um artigo do ex-diretor Francisco Filho, publicado no Falajuf:

http://www.asserjuf.org.br/falajuf2010/357/357.pdf

Leia, também:

SERÁ QUE ELES MOSTRARAM OS OUTROS DOIS GOLS?

ÉTICA NÃO É IDEOLOGIA

ILUSÕES PERDIDAS

FASCISMO DE ESQUERDA (o livro)

STALIN, MAO, FIDEL (e ERENICE)

FIDEL, O FILME

FALSIDADE IDEOLÓGICA?

SEÇÃO MULTIUSO))

 QUE RESPONDE (em JOGADAS DE PORTUGUÊS (em SEÇÃO MULTIUSO)

UMA META PARA O PRÓXIMO PRESIDENTE (em MULTIUSO4)

DICIONÁRIO AMOROSO DA AMÉRICA LATINA

VIDEOGRAMAS DE UMA REVOLUÇÃO

MADE IN URUGUAI

A ERA LULA- parte 1

A ERA LULA-parte II

Anúncios
Esse post foi publicado em e-mail sindjufe, machadodeachismo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para EXAME DE CONSCIÊNCIA

  1. Heya i’m for the primary time here. I came across this board and I find It really helpful it helped me out a lot. I’m hoping to present something again and help others such as you helped me.

  2. Pingback: BAFANA, BAFANA |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s