mais uma rapidinha: O QUE É ISSO COMPANHEIRO? IV

antes da matéria - Cópia

13maio: Atenção: como me ressaltou o meu advogado, é preciso SETA GIF COBRINHA esq dirter ainda mais cuidado com a LIMINAR REFERIDA neste blog, já que ela admite todo e qualquer tipo de interpretação. Daí, as mudanças abaixo.seta vermelha p esqeurda Espero que fique claro que este leigo editor está agindo de boa-fé e de acordo com a referida ordem judicial e a Constituição.

13maio. TEXTO DO SINDJUFE-BA:

Deputados do PT e PCdoB votam a retirada de direitos dos trabalhadores

terça-feira, 12 de maio de 2015

Na calada da noite desta última quarta-feira (06/05), foi aprovado o texto-base da Medida Provisória (MP) 665 na Câmara dos Deputados. Construída e articulada pelo governo Dilma (PT) sob a justificativa de “equilíbrio das contas para retomada do crescimento”, esta medida é parte do “ajuste fiscal” do governo que ataca diretamente a classe trabalhadora ao restringir o acesso ao seguro desemprego, abono salarial e seguro-defeso. 

Trata-se de uma traição histórica a aprovação da medida, pois só foi concretizada graças ao vergonhoso apoio dos deputados do PT e PCdoB em bloco com PMDB – principal partido de base de apoio do governo. 

No caso do seguro desemprego, o tempo mínimo de trabalho exigido em uma mesma empresa passou de 6 para 12 meses. Em relação ao abono salarial, que antes era fixado em um salário mínimo para quem recebia até dois salários, agora passa a ser proporcional ao tempo de trabalho. Além disso, antes eram necessários 30 dias no emprego, agora a exigência será de três meses. 

O objetivo é jogar sobre as costas dos trabalhadores a conta da crise, preservando os interesses e lucratividade da elite brasileira e internacional. Afinal, enquanto se pretende economizar R$ 18 bilhões com medidas que afetam diretamente a parcela mais pobre da população, cerca de R$ 200 bilhões foram liberados aos grandes empresários na forma de renúncia fiscal (redução do IPI, desonerações, etc)…

……………………mais uma rapidinha: O QUE É ISSO COMPANHEIRO? IV

orlando silvaEu vi o deputado tremendo os ombros e gritando “não toque em mim, não toque em mim…” . Acabei acordando… Mas, que galera, viu? Você lembra deles, leitor? Não? Eu nem podia passar por aqui (veja NAVEGAR É PRECISO), mas você merece. E, pra falar a verdade, não aguentei! Que galera! Olhe e se divirta com esse novo BLEFE (comédia narrada em grande estilo pelo ótimo Reinaldo):

“…Tudo começou quando o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), 43 anos distribuídos numa massa relativamente corpulenta, resolveu ter um faniquito porque as galerias haviam jogado no plenário uma chuva de “PTrodólares”, notas que imitavam a moeda americana, com as efígies de Dilma, Lula e João Vaccari Neto. O comunista do Brasil surtou e, junto com os petistas, cobrou que os manifestantes fossem retirados da Câmara. Ainda lembrarei como os aliados de Orlando costumam ser delicados com aqueles de que discordam.

Freire se aproximou do microfone que fica no plenário pararolha contraditar Silva. Um senhor de 73 anos tocou os ombros do jovem de 43 não para agredi-lo, mas para chamar a sua atenção. Pode não ter sido o melhor meio, mas terá sido aquilo agressão? Foi o que bastou para que Jandira, metida a Mulher Comunista Maravilha, se pusesse entre os dois. Ora vejam! Mãe Jandira, 57, queria proteger um correligionário de 43 da suposta agressão de um senhor de 73! É ridículo! É patético! É asqueroso! É moralmente doloso!

Ali no empurra-empurra, o deputado do PPS teria tocado ou, sei lá, puxado o braço de Jandira, que começou a gritar feito uma doida, afirmando que estava sendo agredida por um homem. Acusou o “machismo” de Freire e a sua suposta truculência. O nome disso é assédio moral, é falsa comunicação de um crime, é oportunismo político (…)

gato bobãoJandira Feghali foi à tribuna. Cascateou à vontade, afirmando que quem lutou no Araguaia não teme machismo. Que nojo! Os primeiros guerrilheiros começaram a chegar à região em 1967, quando ela tinha 10 anos e ainda, suponho, brincava de boneca. Quando a coisa acabou, estava com 17. Não lutou no Araguaia. “Ah, Reinaldo, ela se referia ao PCdoB…” Entendi! Agora existe a “guerrilha herdada”. Vão se catar!…

O deputado Alberto Fraga (DEM-DF) foi ao microfone em defesa de Freire. Afirmou que estava ao lado, que assistiu a tudo e que o deputado do PPS não havia agredido ninguém. E disparou a seguinte frase: “Quem bate como homem tem que apanhar como homem”.

Ah, aí Jandira viu o pretexto ideal para a sua pantomima. Como soava um pouco ridículo se dizer agredida por Freire, a deputada e outros esquerdistas mixurucas viram em Fraga a vítima ideal. Afinal, como não cansam de lembrar meus coleguinhas de esquerda na imprensa, ele é “coronel da reserva da PM do DF” e membro de uma tal “bancada da bala”, inventada por jornalistas “progressistas”.

É evidente que ao empregar o verbo “bater”, o deputado não estava seo show7, COM CENSURA referindo à porrada, mas ao embate natural num Parlamento. Até porque, ali, as pessoas não trocam socos. A sua frase, em essência, é menos sexista e discriminatória do que o teatro de quinta estrelado por Mãe Jandira. Aliás, não há nada de sexista: ela trata é de igualdade. Num Parlamento, não existem homens, mulheres, brancos, negros, gays, héteros… Num Parlamento, existem representantes do povo. Qualquer discriminação de identidade reduz o papel da representação. Se cada um se portasse de acordo com a sua condição e votasse pensando apenas em protegê-la, jamais haveria mudança.

Ah, mas aí começou a gritaria, como se Fraga estivesse advogando que se batesse em mulher. Infelizmente, vi e vejo essa interpretação ser repetida nos jornais. Na Folha desta quinta, por exemplo, Bernardo Mello Franco escreve: “Líder da bancada da bala, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF) (…) afirmou que uma colega merecia ‘apanhar como homem’”. FRAGA NÃO DISSE ISSO. E MELLO FRANCO SABE MUITO BEM. ATÉ A GRAMÁTICA, NÃO FOSSE O CONTEXTO, EXPLICA POR QUE NÃO. Na própria Folha Online, leio um desdobramento da cena lamentável de ontem. Não há a menor menção a Freire e à origem da confusão, que explica o resto. Não é assim que se faz.

Tenham mais respeito

Roberto Freire era comunista quando essa escolha rendia cadeia esocialismo morte, como, aliás, aconteceu com alguns de seus contemporâneos. Sim, eu repudio a ideologia à qual ele estava ligado, mas tenho apreço pela coragem. Jandira ingressou no PCdoB em 1981. Em 1985, o partido já estava legalizado. O único risco que sempre correu é o de ser atropelada pelos fatos, pela verdade e pela história. E Orlando Silva? É um comunista do Brasil desde 1988…

Tenham mais respeito, os dois, por Roberto Freire. Se não têm a grandeza de reconhecer a sua coragem e a sua retidão, tenham ao menos o decoro de não se dizer ameaçados por um homem de 73 anos, que nunca agrediu ninguém.

Ademais, fosse para escolher, qualquer pessoa decente ficaria com Freire, que foi comunista quando isso podia implicar tortura e morte. Jandira e Orlando são comunistas quando isso significa poder e cargos…”

Texto completo:http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-pantomima-de-jandira-feghali-e-o-fascismo-das-esquerdas-nababescas-ou-mais-respeito-com-roberto-freire-ou-ainda-que-o-meu-texto-seja-lido-no-conselho-de-etica-da-camara/

Veja, também: o blog, NOVA AUDITORIA NO SINDJUFE (E gato bobãoPUBLICAÇÃO NO SITE!),  O QUE É ISSO COMPANHEIRO II, QUEIXO DURO II, FALSO BRILHANTE ou FINA ESTAMPA?,  NADA MAIS DO QUE A VERDADE?, FERVIDOS E MAL PAGOS?, m…NO VENTILADOR?,  TEMPERATURA MÁXIMA!!, BEM AMIGO (quem tem um sindicato desse precisa de inimigo?)mais uma rapidinha: O QUE É ISSO COMPANHEIRO? III

Anúncios
Esse post foi publicado em machadodeachismo, oxigênio, resenha. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s