QUEM ESTÁ CURTINDO ESSA FESTA?

 publicado originalmente em 29/09/10

Entre 2008 e 2009,  o clube do Sindjufeba consumiu mais de R$731 mil (setecentos e trinta e um mil) e arrecadou pouco mais de R$193 mil (cento e noventa e três mil).

Diferença/déficit: mais de R$538 mil (quinhentos e trinta e oito mil).

Uma graça, né? Quem paga essa conta e por quê? Por que a grande maioria dos filiados deve bancar esse preju?  Não seria lógico que o clube pagasse a si próprio? Alguém dirá: “é uma entidade sem fins lucrativos“.  E daí? É de fins prejudicativos? Ora, se esse clube é, realmente, do interesse da categoria, ele não pode ser uma máquina de gastar dinheiro! Se, quando comprado, ele custou em torno de R$300 MIL (trezentos), isso quer dizer que, a cada ano, um clube é jogado fora!  Quem ganha com isso? Se há quem ganhe, então que pague a conta!  Ora, sem essa sangria, para quanto cairia a mensalidade? Para dispor de bem mais serviços e sem a necessidade de administrar, quanto a categoria pagaria a um clube como o do Banco do Brasil (por exemplo)? Não é estranho que a própria direção do sindicato, eleita para administrar o bem coletivo, não se questione sobre isso?

Não sei se já aconteceu com você, leitor associado, mas quando este filiado passou anos requerendo (por exemplo) a assistência jurídica do sindicato, uma das alegações para o pouco caso e as negativas era o  slogano importante é a categoria, não o caso individual”.  Lindo, né? Como se fosse a floresta que existisse e  não as árvores!  Sempre o “coletivo” (a útil abstração), nunca o indivíduo concreto que pergunta! Tal qual no “socialismo”, que, como sabemos, é o sistema da igualdade  que sempre se desmente quando cai.

Ora, se o importante é a categoria, o todo, o coletivo, a maioria …, qual a razão para a manutenção de um clube que devora QUASE QUATROCENTOS MIL POR ANO dessa mesma maioria? Quem está curtindo essa festa?  Sim, porque alguém está! Se não, ela já tinha acabado. Some-se a tudo isso o famoso sumiço dos quase R$600mil (seiscentos),  a multa da Receita Federal (mais de 93mil) e os inacreditáveis anos sem balancete. Você tem noção do estrago, associado?  Já ia esquecendo: Onde foram parar os balancetes? Por que NÃO TEMOS BALANCETES DE 2008 PARA TRÁS? Kd Tu, oposição?

Leia o texto do Diretor Francisco, o homem que, diferente dos demais, parece ser bom de conta:   O BALANCETE E O CLUBE

post relacionados:

Anúncios
Esse post foi publicado em e-mail sindjufe, machadodeachismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s