ENQUETE 1

Anúncios
Esse post foi publicado em enquete. Bookmark o link permanente.

6 respostas para ENQUETE 1

  1. Walter Pinheiro disse:

    A princípio parabenizar pela coragem e destemor, compreensão política e visão de mundo, demonstrado pelo autor.
    Em seguida dizer que é lamentável, constatar que muitos se diz homens e mulheres politizados e quando precisam demonstrar um fio fino de consciência política, mordem o rabo e se envenenam. É dessa maneira que entendo todo tipo de sensura em favor do mago colega Luiz Estrela, realizado pelo Sindicato. Lamentável.

  2. Grace Lane Gama Bulcão Freitas disse:

    Cabe aqui um recurso: todas as questões são verdadeiras…rsrsrsr, a pergunta deve ser eliminada pq deveria haver mais uma hipótese: todas as premissas acima são verdadeiras.
    Por favor, solicito que repare a questão a fim de que eu possa respondê-la legitimamente.
    Entretanto, acredito que espaços como este servem para democratizar aqueles que vamos perdendo, mas acredito que a conscientização da classe tende a levar a uma reconquista. Não estamos perdendo apenas o espaço do Leitor, estamos perdendo um sindicato inteiro, que vem perdendo a credibilidade junto à categoria, já tão espoliada.

  3. João Evódio disse:

    Por mim os artigos não deveriam ter saído e as novas regras valeriam doravante.
    Enquanto isso, vou reenviar meu artigo e solicitar a (re)publicação. Todos que tiveram artigos anteriormente publicados poderiam fazer o mesmo.
    Considero salutar a existência de regras e a análise prévia de publicações, que eventualmente poderiam render ações em face da entidade e do autor da matéria, em sendo publicadas sem maiores critérios. O sindicato já sofre ação judicial por esse motivo, em que uma nota ofensiva foi veiculada no boletim.
    Os comentários a essa enquete, por exemplo, certamente são analisados pelo colega Estrela antes de liberados na grande rede. Sendo uma página particular, os limites dessa moderação são exercidos com total liberdade e autonomia. Já ná página de uma entidade coletiva, como e quem deve exercer essa moderação ? Ou não deve haver qualquer moderação ? Isso aí já daria uma nova enquete: Os artigos do site do sindicato: a) devem ser publicados sem qualquer análise prévia? b) devem ser analisados pela diretoria antes da publicação? c) devem estar vinculados a regras para sua publicação? d) devem ser votados em Assembléia quanto a publicação ou não, conforme cada caso concreto ? e) devem possuir restrições quanto aos temas abordados? f) podem tratar de qualquer temática?

    • luiz estrela disse:

      Caro Evódio

      1)”…Por mim os artigos não deveriam ter saído e as novas regras valeriam doravante…”
      R-Vc sabe que a eliminação dos artigos foi um ato pequeno e pessoal. Típico de pequeno prefeito de interior. E vc sabe que a referida eliminação não se deu por causa de nenhum artigo publicado, mas pelo que se ia publicar: O SHOW LULA. E vc sabe que as REGRAS SOLICITADAS por mim visavam a DEMOCRATIZAR E INSTITUCIONALIZAR o ESPAÇO DO ASSOCIADO. CIRTÉRIOS IMPESSOAIS E OBJETIVOS que impedisse a INVASÃO DO ESPAÇO e a ESCOLHA PESSOAL DO QUE SERIA PUBLCIADO. A leitura prévia dos textos seria apenas para verificação do seu nível ético. Havendo ofensa a qualqeur dignidade ou risco de dano à entidade, claro que não se deveria publicar (com Cristiano, por exemplo, tratei disso por várias horas de telefone). E vc sabe que jamais foi este o caso. A grilagem do espaço ocorreu para sufocá-loe dar a impresão à categoria de que o seu CHEFE sabia escrever artigos, o que não é verdade. Tanto que ele só publicou MATÉRIA OFICIAL, sendo injusto dizer que a último fosse só dele. Quanto à natureza das NORMAS tornadas públcias, sugiro ao amigo a leitura do texto A PULGA, O BURRO E AS NORMAS. Antes, porém, deve ficar claro que o Sindjufe não pode mais convocar a categoria para manifestações públicas (políticas), já que ela não pode mais PENSAR/DISCUTIR/VOTAR. Poderia parecer MASSA DE MANOBRA.
      2 -“… Enquanto isso, vou reenviar meu artigo e solicitar a (re)publicação. Todos que tiveram artigos anteriormente publicados poderiam fazer o mesmo…”
      R- O amigo foi consultado antes do INCÊNDIO (eliminação)? Foi consultado sobre as NORMAS? Bem, é (ou era) comum ouvir na “esquerda” o lamento de qeu “os patrões, o governo… não querem negociar… Não aceitamos o autoritarismo … companheiros, o povo unido jam…” (desculpe, sem querer apertei o play de um gravador antigo e a fita cassete começou a rodar). Tenho certeza de que, se vc foi pego de surpresa como eu, vc vai repensar essa possibilidade de reenviar os artigos. Vc sabe que eu já enviei milhões de e-mails para o sindicato, solcitando a recolocação dos meus, logo no início, SEM RESPOSTA. Por que sem resposta? A intenção era desmoralizar, como o amigo sabe. Posso lhe garantir, aliás, que, se eu fosse colega de diretoria do chefe, ou ele desfazia o ato de loucura ou eu renunciaria. Aliás, renunciar parece ser o esporte predileto na nossa cúpula, né? É só ver a foto da posse. ais um aliás: acho que os MIL E TANTOS acessos deste blog em tão pouco tempo de vida provam que o chefe da categoria tava certo: ELA PARECE GOSTAR DO QUE ESCREVO (ou pelo menos do que os outros escrevem, aqui). Mas é possível que ele tenha corrido um risco muito elevado, se não irresponsável. Ele deve conhecer a constituição e, tavlez, o nosso estatuto.

      3- “… O sindicato já sofre ação judicial por esse motivo, em que uma nota ofensiva foi veiculada no boletim…”
      R- Ao sindicato cabe analisar o nível ético das suas publciações, como à categoria cabe analisar o nível ético dos seus gestores. Ela deve se perguntar por que um LADRÃO DENUNCIADO e um ARTIGO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DE UM PRESIDENTE num programa de televisão geraram a grilagem e o incêndio. Note, aliás, que essa a GRILAGEM e INCÊNDIO só ocorreram porque o chefe não consguiria responder ao SHOW LULA. Sugiro ao amigo a leitura do post O SHOW LULA. Não é de agora nem por razões éticas que sou censurdo, né, Évódio? Meu amigão, nada não particular pode ficar 20 anos na mão de alguém. Fica dono. Os artigos, como vc sabe, NÃO FORAM ELIMINADOS POR RAZÕES COLETIVAS ou NOBRES. TANTO QUE JÁ ESTAVAM PUBLICADOS (alguns há mais de uma década). E os de Francisco, pelo menos, diziam respeito a questões técnicas (DIREITO, PREVIDÊNCIA, APOSENTADORIAS…). Será que algum louco iria processar o sindicato por isso? Bom, nunca se sabe, né? Tem gente que toma microfone à força e desliga caixa de som para não deixar que colegas falem em assembléia, imagine.

      Abrasço, Evódio

  4. João Evódio disse:

    Correção: verifiquei, em tempo real, que os comentários não são analisados antes da publicação, o que também está dentro do exercício da liberdade e autonomia próprias de um site particular, pois assim escolheu o colega Estrela. Para o site do sindicato, a questão continua valendo e a enquete poderia nos ser útil.

  5. Karah disse:

    Thanks for sharing. What a pleasrue to read!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s